5 de dez de 2014

As 5 leituras para dar de presente de Natal - 2014

Olá! :)

Adoro entrar em livrarias, mesmo que zerada na carteira, só pra dar aquela espiadinha nos livros da vitrine (quem nunca?). Agora, melhor que isso, é dedicar essa espiadinha pra escolher o livro que você vai presentear a sua família e/ou seus amigos neste natal, não é verdade?! (E de quebra levar um pra você! hahah)

Bem, trouxe uma pequena lista de opções para presentes, confere aí:

1º - Fugitiva - Alice Munro 


Vencedora do Nobel de Literatura de 2013, Alice Munro apresenta em Fugitiva as obscuras e frágeis fundações de relacionamentos, de descobertas juvenis ou tardias, de enfrentamento ou aceitação de mistérios no universo feminino. As mulheres de Munro, e especialmente neste livro, se encontram em constante questionamento: a idade, o trágico e o belo de correr atrás de um homem que acaba-se de encontrar no trem, a insegurança e o desejo em forças opostas na relação entre marido e esposa. Cada conto se desdobra em movimentos que geram uma reação inesperada, como nas histórias de ninar, em que tudo reside calmamente até que surge o elemento desequilibrador. Eu quero muuuito este livro de presente! haha


2º - Alt.Spirit@Metro.M3: Espiritualidade para o Terceiro Milênio


"Um livro de anotações da alma, um mapa subterrâneo do coração, um guia de lazer para o cosmo. (O que está em cartaz neste milênio - algo interessante?)"
Este livro traz uma coletânea de frases (e concomitantemente uma narração no rodapé do livro) que vai te fazer refletir sobre o simples, que passa despercebido nesta nova era da tecnologia e robotização humana. Eu adoro esse livro!


3º - A Vida como ela é... - Nelson Rodrigues


Durante dez anos, de 1951 a 1961, Nel­son Rodrigues escreveu sua coluna "A vida como ela é…" para o jornal Última Hora, de Samuel Wainer. Seis dias por sema­na, chovesse ou fizesse sol. Todo dia, com uma paciência chinesa e uma imaginação demoníaca, Nelson escrevia uma história diferente. E quase sempre sobre o mesmo assunto: adultério. Desse tema tão simples e tão eterno, ele extraiu quase 2 mil histórias. Chegava cedinho à redação, acendia um cigarro e, na frente dos colegas, entre miríades de cafezinhos, escrevia A vida como ela é… As histórias saíam de casos que lhe contavam, da sua própria obser­vação dos subúrbios cariocas ou das cabe­ludas paixões de que ele ouvira falar em criança. O cenário dos contos de A vida como ela é… é o Rio de Janeiro dos anos 50. Uma cidade em que casanovas de plantão e mulheres fabulosas flertavam nos ônibus e bondes; em que poucos tinham carro, mas esse era um Buick ou um Cadillac; em que os vizinhos vigiavam-se uns aos ou­tros; e em que maridos e mulheres viviam sob o mesmo teto com as primas e os cunhados, numa latente volúpia incestuo­sa. Com a linguagem bem jornalística é uma boa dica para me presentear no Natal. hahhaha


4º - A Lei da Atração e o Poder do Pensamento - William Atkinson


Neste livro, William Walker Atkinson ensina como direcionar o poder do pensamento para atrair somente coisas positivas e, assim, por meio da Lei da Atração, conquistar seus objetivos. Somos aquilo que pensamos ser. Nossa atitude mental determina o caráter das ondas dos nossos pensamentos e dos pensamentos que atraímos para nós. Vamos finalizar este ano e iniciar o ano de 2015 com todos os pensamentos positivos.


5º - Os Livros que Devoraram Meu Pai - Afonso Cruz


Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que, escondido de seu chefe, lê romances e clássicos da literatura durante o expediente, na repartição de finanças onde está empregado. 
Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se nas páginas de um livro e desaparece deste mundo. Esta é sua verdadeira história - contada em primeira pessoa por Elias Bonfim, seu filho, que recebe como herança a biblioteca de Vivaldo e, então, inicia uma aventura pelos grandes clássicos em busca de seu pai, percorrendo obras repletas de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras. Será que o jovem Elias encontrará seu pai? Quais serão as pistas que A Odisseia, O Médico e o Monstro e A Divina Comédia darão ao garoto para ajudá-lo na busca? E como Elias resgatará seu pai de personagens tão distintos? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário